San Paolo

Così è, se ci pare.
Relendo Pirandello no Brasil


Universidade de São Paulo, 22 –  23 Novembre 2017

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, Istituto Italiano di Cultura San Paolo
Organizzazione: Alessandra Vannucci


Jornadas em homenagem ao 150º aniversário do nascimento de Luigi Pirandello

Pirandello é um autor consagrado e, paradoxalmente, desconhecido. Algumas de suas peças contam desde a estreia com fama mundial, embora escandalosa; seus contos e romances são leitura obrigatória para os amantes da literatura. Sua poética penetrou no substrato cultural modernista, seu estilo tem inspirado literatos e dramaturgos nos cinco continentes: tornou-se canônico. Contudo, sua presença convive com uma gritante ausência. Devida, esta, seja a obsolescência de certos maneirismos estilísticos (pirandellismos) atribuídos à sua influência e seja à escassa atenção por facetas fundamentais de sua carreira artística, como a atividade de diretor (capocomico) de sua companhia e de roteirista para o cinema mudo. Por causa desta fortuna variável, entre luzes e sombras, sua vasta obra merece ser revisitada.

A comemoração do 150º aniversário de seu nascimento oferece tal oportunidade. Uma cartografia diacrónica do fenômeno Pirandello, não só na Itália, permite traçar as rotas de evolução de certas sensibilidades estéticas desde o seu fazer-se até a atualidade, focando especialmente a cena brasileira. No panorama vasto da recepção de sua obra, recriada em literatura, teatro, cinema e outras artes ao longo deste século, interessa destacar os percursos que valorizam dispositivos experimentais de expansão da cena já ativos na obra do mestre. Para tanto, acompanhando as palestras, nossa jornada contará também com exibição de filmes (legendados ou em língua original) tirados da obra de Pirandello e com lançamento de duas novas traduces.